Livro Manejo de Bezerras Leiteiras
  • Livro Manejo de Bezerras Leiteiras

Livro Manejo de Bezerras Leiteiras

Categoria: Pecuária de Leite

ISBN: 978-85-62032-20-2

Quantidade Disponivel: 2 Un

Unidade: Un
Un

Por R$ 52,00

à vista R$ 49,40 economize 5% no Depósito Bancário

Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

A criação de bezerras é uma das fases mais importantes em um sistema de produção de leite. Além de se destinarem à reposição das matrizes do rebanho, as bezerras e novilhas, ao serem vendidas podem constituir parte expressiva da renda da atividade. Assim sendo, os gastos com a criação de bezerras não devem ser considerados apenas como investimento na renovação das matrizes do rebanho, mas também como investimento na geração de produtos valorizados.

Contudo, infelizmente, os produtores de leite tendem a dar maior atenção às vacas em lactação, atitude justificável considerando serem elas que viabilizam a principal entrada de recursos na empresa. Já as empresas, além de não gerarem renda imediata, esta categoria animal representa despesas. No entanto, este fato não justifica negligenciar as demais categorias animais.

O livro aborda temas como o manejo da vaca gestante, os cuidados com o recém-nascido, a importância do colostro, o desenvolvimento ruminal, as exigências nutricionais de bezerras em aleitamento, plano de alimentação, instalações e, também, desaleitamento. Indicado para os produtores e profissionais envolvidos no sistema de produção de leite.

Acabamento: Brochura

Ano: 2011

Autor: José Carlos P. Modesto Silva, Coord.

Edição: 1

Editora: Aprenda Fácil

ISBN: 978-85-62032-20-2

Páginas: 159

1. Manejo da Vaca Gestante
1.1. Condição corporal adequada ao parto
1.2. Piquete Maternidade
1.3.Alimentação de Vacas nos Últimos Dias de Gestação
1.4. Adaptação das Vacas à Dieta Pós-Parto
1.5. Observação Constante da Vaca nos Momentos que Antecedem o Parto
2. Cuidados com o Recém-Nascido
2.1. Primeiros Cuidados
2.2. Identificação da Cria
2.2.1. Tatuagem
2.2.2. Brincos plásticos
2.2.3. Marcação a fogo
2.2.4. Transponder
2.3. Descorna
2.4. Observação das Bezerras
2.4.1.Posição de descanso
2.4.2. Pelo ouriçado
2.4.3. Não levantar
2.4.4. Orelha caída
2.4.5. Bezerras em pé com pernas dianteiras abertas e cabeça esticada para frente
2.4.6. Sangue nas fezes
2.4.7. Falta de pelos
2.4.8. Olhos lacrimejando
2.4.9. Corrimento nasal
2.4.10. Papo
2.4.11. Tosse
2.4.12. Olhos fundos e perda de flexibilidade da pele
2.5. Retirada da Bezerra da Mãe ao Nascer
3. A importância do Colostro
3.1. Imunológica
3.2. Nutricional
3.3. Somatogênica
3.4. Como Identificar Bezerras que Não Receberam Colostro em Quantidade Adequada (Hipogama-globulinêmicas)
3.4.1. Substitutos do colostro
4. Sucedâneos do Leite
4.1. Sucedâneo Feito com Proteína do Subproduto de Soja
4.2. Sucedâneo Feito com Proteína de Trigo
4.3. Sucedâneo Feito com Proteínas Plasmáticas
4.4. Sucedâneo Feito com Proteínas dos Glóbulos Vermelhos
4.5. Considerações a Respeito do Manejo Alimentar com Sucedâneos
5. Desenvolvimento Ruminal
5.1. Aumento de Massa e Volume Ruminal
5.2. Estabelecimento da Microbiota Ruminal
5.3. Goteira Esofágica
6. Exigências Nutricionais de Bezerras em Aleitamento
6.1. Exigências de Energia
6.2. Exigências de Proteína
6.3. Exigências de Minerais e Vitaminas
7. Plano de Alimentação: Sistema de Aleitamento Natural e Artificial
7.1. Água
7.2. Sistema de Aleitamento Natural
7.2.1. Bezerro solto com a vaca
7.2.2. Bezerro com a vaca somente nas ordenhas
7.3. Sistema de Aleitamento Artificial
7.3.1. Dieta líquida
7.3.2. Utilização de concentrados
7.3.3. Utilização de volumosos
8. Instalações
9. Desaleitamento
10. Doenças e Parasitas de Bezerras
10.1. Colibacilose ou Curso Branco
10.1.1. Efeito das influências meteorológicas
10.1.2. Métodos de nutrição e alimentação
10.1.3. Padrão de alojamento e de higiene
10.1.4. Fonte do microrganismo e sua ecologia e transmissão
10.2. Paratifo ou Salmonelose
10.3. Onfaloflebite (Umbigueiro)
10.4. Pneumonia
10.5.Tristeza (Babesiose ou Piroplasmose e Anaplas-mose)
10.6. Ecto e Endoparasitas
10.6.1. Carrapato
10.6.2. Mosca-do-chifre
10.6.3. Berne
10.6.4. Miíase (bicheira)
10.6.5. Sarna
10.6.6. Ácaros
10.6.7. Endoparasitas
Referências Bibliográficas

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!