Livro Contabilidade da Pecuária
  • Livro Contabilidade da Pecuária

Livro Contabilidade da Pecuária

Categoria: Administração e Marketing Rural

ISBN: 978-85-224-6908-6

Quantidade Disponivel: 19 Un

Unidade: Un
Un

Por R$ 119,00

à vista R$ 113,05 economize 5% no Depósito Bancário

Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Este livro uniformiza os procedimentos contábeis em relação às operações efetuadas pelas empresas pecuárias, considerando alguns princípios de contabilidade, de grande relevância para a Contabilidade da Pecuária, bem como para as disposições do Imposto sobre a Renda que lhe são pertinentes.

Propõe um modelo contábil atual, demonstrando a situação real das empresas para os usuários da Contabilidade, sem ferir princípios contábeis e fiscais, e apresenta um Plano de Contas com as particularidades das operações realizadas pelas empresas pecuárias.

O texto conjuga três variáveis: fazer com que os relatórios contábeis sejam úteis para as tomadas de decisão, desenvolver o processo contábil alicerçado na moderna teoria da Contabilidade e considerar as disposições fiscais relativas à pecuária. São propostos também dois modelos de apuração de custos, considerando a correção monetária dos custos históricos; bezerros a nascer; custo do bezerro nascido; depreciação do touro, matriz e pastagens; custo do gado no momento da venda; custo do gado morto ou desaparecido etc.

Os aspectos fiscais são ressaltados e comentados. Foram pesquisadas, por exemplo, as vantagens da constituição de uma atividade agropecuária na forma de pessoa física em relação à pessoa jurídica, e desenvolvidos exemplos de tributação em ambas as formas de apuração (pessoa física e jurídica). Modelos de coleta de dados são sugeridos, bem como mapas de planejamento do rebanho em relação à pastagem e de movimentação do rebanho nas diversas categorias.

Obra recomendada para a disciplina CONTABILIDADE AGROPECUÁRIA dos cursos de Ciências Contábeis. Manual de consulta para profissionais que exercem atividades pecuárias.

Ano: 2012

Autor: José Carlos Marion

Edição: 10

Editora: Atlas

ISBN: 978-85-224-6908-6

Páginas: 216

Prefácio, xi

Introdução, 1

1 O rebanho: manejo, terminologia e outros aspectos na exploração do gado bovino de corte, 5
1.1 Generalidades, 5
1.2 Pecuária – conceitos preliminares, 6
1.3 Sistemas de produção, 6
1.3.1 Sistema extensivo, 6
1.3.2 Sistema semi-intensivo, 6
1.3.3 Sistema intensivo, 7
1.4 Especialização das empresas pecuárias, 7
1.5 Pastagens, 8
1.5.1 Pastagem natural, 8
1.5.2 Pastagem artificial, 8
1.6 Tipos de pastoreio (pastejo), 9
1.6.1 Pastoreio rotativo (em rodízio), 9
1.6.2 Pastoreio contínuo, 10
1.6.3 Plantio direto, 13
1.7 Instalações, 16
1.8 Alimentação, 17
1.8.1 Silagem, 17
1.8.2 Fenação, 18
1.9 Reprodução, 18
1.10 Formas de reprodução, 19
1.10.1 Monta natural (através do reprodutor), 19
1.10.2 Inseminação artificial, 19
1.10.3 Transferência de embriões (Anualpec 2003-FNP), 21
1.10.4 Fecundação in vitro, 22
1.11 Divisão do rebanho em categorias, 22
1.11.1 Classificação por idade, 22
1.12 Boletim de movimentação do rebanho, 27
1.13 Seleção para gado de corte, 28
1.14 Sanidade, 28
1.14.1 Febre aftosa, 28
1.14.2 Brucelose, 29
1.14.3 Raiva, 29
1.14.4 Carbúnculo sintomático, 29
1.14.5 Outras moléstias e problemas para o bovino, 30
1.15 Comercialização do bovino de corte, 30
1.15.1 Transporte de gado, 30
1.15.2 Entrepostos e leilões, 31
1.15.3 Safra e entressafra, 31
1.15.4 Avaliação da carne, 31
1.16 Alguns índices de desempenho do rebanho, 32
1.16.1 Taxa de natalidade, 32
1.16.2 Taxa de mortalidade, 32
1.16.3 Taxa de desfrute, 32
1.16.4 Produtividade das pastagens, 33
1.16.5 Idade e peso médio dos animais vendidos, 33
1.16.6 Relação vaca/touro, 33
1.16.7 Relação quantidade de alimento/ganho de peso (conversão alimentar), 34
1.16.8 Relação produção de carne/área ocupada pelo rebanho, 34
1.16.9 Taxa de crescimento do rebanho, 34

2 Alguns princípios contábeis geralmente aceitos e a contabilidade da pecuária, 35
2.1 Princípio da entidade contábil, 35
2.1.1 Atividade rural no Código Civil (CC), 35
2.1.2 Entidade contábil e pecuária, 36
2.1.3 Princípio da Entidade Contábil e Imposto de Renda na atividade agropecuária, 37
2.1.4 Tipos de associação na exploração da atividade agropecuária e princípio da entidade contábil, 38
2.2 Princípio da realização da receita e da confrontação da despesa, 42
2.2.1 Reconhecimento da receita, 42
2.2.2 Confrontação da despesa, 50
2.3 Princípio do custo histórico ou original como base de valor, 51
2.3.1 Custo histórico corrigido, 51
2.3.2 Custo histórico e lucro realizado, 52
2.3.3 Algumas técnicas para utilização do custo histórico na pecuária, 52
2.3.4 Críticas ao custo histórico utilizado na pecuária, 54
2.3.5 Exceções ao custo histórico aceitas, 54
2.3.6 Uma proposição de contabilidade na pecuária, 55
2.4 Ativo biológico e produto agrícola, 57
2.4.1 Avaliação do ativo biológico e produto vegetal, 58

3 Apuração dos custos e coleta de dados, 61
3.1 Necessidade de custo, 61
3.2 Custos extracontábeis, 61
3.3 Coleta de dados (para o custo e para a contabilidade), 62
3.3.1 Movimentações quantitativas do rebanho, 62
3.3.2 Outros controles quantitativos do rebanho, 67
3.3.3 Controles informatizados do rebanho, 68
3.4 Propostas de apuração de custos (de forma extracontábil), 69

4 Proposição de um plano de contas, 81
4.1 Nova estrutura do Balanço Patrimonial – Leis nos 11.638/07 e 11.941/09, 81
4.2 Generalidades, 82
4.3 Plano de contas proposto para pessoa jurídica, 83
4.4 Plano de contas proposto para pessoa física (simplificado), 114

5 Manualização e explicação do plano de contas – Pessoa jurídica, 119
5.1 Introdução, 119
5.2 Classificação e conteúdo das contas, 120

6 Imposto de Renda – Agropecuária, 154
6.1 Simples Nacional – microempresas e empresas de pequeno porte, 154
6.2 Pessoa jurídica – Imposto de Renda da agropecuária, 156
6.2.1 Incentivos fiscais, 157
6.2.2 Resultado operacional, 159
6.2.3 Determinação do lucro real da pessoa jurídica que explora atividade rural, 160
6.2.4 Lucros presumido e arbitrado, 165
6.2.5 Outros tributos, 166
6.3 Imposto de Renda – Pessoa Física (transcrição do Manual da Atividade Rural), 166
6.3.1 Quem se beneficia, 166
6.3.2 O que deve ser escriturado para efeito de Imposto de Renda Pessoa Física, 166
6.3.3 Como calcular o resultado na exploração rural, 168
6.3.4 Tributação simplificada e parceria, 170
6.3.5 Prejuízos, 171
6.3.6 Outras considerações, 171
6.4 Avaliação de estoques, 172
6.5 Despesas/custos com culturas agrícolas, 173
6.5.1 Culturas temporárias, 173
6.5.2 Culturas permanentes, 173
6.6 Comparativo de impostos e contribuições incidentes na atividade rural – pessoa física × pessoa jurídica, 173

7 Planilhas de controle zooeconômico da atividade leiteira, 175
7.1 Despesas de custeio, 176
7.2 Despesas com investimentos, 180
7.3 Despesa total, 180
7.4 Receitas, 180
7.5 Resultados zootécnicos, 181
7.6 Resultados econômicos, 183
7.7 Resultados econômicos (sem remuneração do proprietário), 186
7.8 Resultados econômicos (com remuneração do proprietário), 188
7.9 Inventário, 190

Bibliografia, 199

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!