Livro a laranja do campo ao copo
  • Livro a laranja do campo ao copo

Livro a laranja do campo ao copo

Categoria: Administração e Marketing RuralFruticultura

ISBN: 978-85-224-7237-6

Quantidade Disponivel: 29 Un

Unidade: Un
Un

Por R$ 67,00

à vista R$ 63,65 economize 5% no Depósito Bancário

Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

O Brasil adquiriu impressionante desenvolvimento na cadeia citrícola, atendendo a dezenas de especificações para satisfazer os mais diversos consumidores. Só para citar alguns dados, o país produz a metade do suco de laranja do planeta. Isso significa dizer que de cada cinco copos de suco de laranja consumidos no mundo, três são produzidos nas fábricas brasileiras.

Hoje, o mercado doméstico de laranja in natura se tornou um grande consumidor da produção brasileira. Mais de 100 milhões de caixas (equivalente a 22% da produção nacional) são consumidas pelo povo brasileiro, mas o maior desafio desse mercado está no suco exportado, destino dos outros 78% da safra nacional.

Este livro tem como objetivo principal mostrar uma radiografia da cadeia produtiva citrícola, trazendo ao leitor um entendimento maior desse negócio, as variáveis que o impactam, suas tendências e desafios.

Acabamento: Brochura

Ano: 2012

Autor: Marcos Fava Neves, Trombin, Kalaki, Lopes

Edição: 1

Editora: Atlas

ISBN: 978-85-224-7237-6

Páginas: 248

Prefácio 1, ix
Prefácio 2, xi
Prefácio 3, xiii
Prefácio 4, xv
Prefácio 5, xvii
Prefácio 6, xix
Mensagem inicial, xxi
Uma visão macro, xxiii

1 Mapa geral e quantificação da cadeia citrícola, 1
1.1 História da citricultura no Brasil, 1
1.2 PIB brasileiro versus PIB agrícola, 4
1.3 Taxa de câmbio, 5
1.4 Salário-mínimo, 6
1.5 Liderança brasileira, 7
1.6 Quantificação da cadeia citrícola, 8
1.6.1 Antes das fazendas, 12
1.6.2 Nas fazendas, 13
1.6.3 Após as fazendas, 14
1.6.4 Agentes facilitadores, 15
1.6.5 Impostos agregados, 15

2 Envase, distribuição e consumo de bebidas no mundo, 17
2.1 Benefícios nutricionais da laranja, 17
2.2 Definição de suco, néctar e refresco, 18
2.3 Consumo mundial de bebidas, 18
2.4 Consumo mundial de sucos, néctares e refrescos de frutas, 20
2.5 O sabor laranja, 22
2.6 O sabor laranja na Europa, 33
2.7 O sabor laranja na América do Norte, 35
2.8 O sabor laranja nos países do BRIC mais México, 39
2.9 O potencial de crescimento do mercado interno brasileiro, 43
2.10 O poder de fogo do varejo internacional, 44
2.11 A concentração dos envasadores, 53

3 Indústria de suco de laranja no Brasil, 59
3.1 Produção de suco de laranja, 59
3.2 Exportações citrícolas, 62
3.3 Destino das exportações, 66
3.4 Barreiras tarifárias, 69
3.5 Barreiras fitossanitárias e exigências técnicas, 70
3.6 Preço do suco de laranja: uma incrível volatilidade, 72
3.7 Descolamento do preço do suco de laranja no mercado internacional, 76
3.8 Os distúrbios da volatilidade na renda, 86
3.9 O aumento dos custos de processamento e logístico do suco de laranja, 90
3.10 A renda advinda dos pomares próprios das indústrias, 92
3.11 Um comparativo entre os pomares próprios da indústria e a laranja adquirida de fornecedores, 92
3.12 Decomposição do preço do suco de laranja no varejo, 96
3.13 Concentração na indústria brasileira de suco de laranja, 102

4 Produção citrícola, 103
4.1 Produção mundial de laranja, 103
4.2 Produção brasileira de laranja, 106
4.3 Cinturão citrícola (São Paulo e Triângulo Mineiro), 108
4.4 Comparativo entre a produção de São Paulo/Triângulo Mineiro e Flórida, 111
4.5 Estratificação da produção pelo perfil do produtor do cinturão citrícola, 116
4.6 Importância fundamental da produtividade agrícola como impulso à citricultura, 119
4.7 Variedades nos pomares, 122
4.8 Pragas e doenças no cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo Mineiro, 123
4.9 Impacto das mudanças climáticas na citricultura, 124
4.10 Custo de produção de laranja, 125
4.11 Defensivos agrícolas na citricultura, 133
4.12 Fertilizantes na citricultura, 134
4.13 Empregos e condições de trabalho, 136
4.14 Políticas de incentivo à produção, 138
4.15 Ciclo do capital de giro e fontes de financiamento disponível, 139
4.16 Preço da laranja, 141
4.17 Projeções para produção e exportação de laranja e suco de laranja para 2020/21, 145

5 Reposicionamento estratégico do suco de laranja para 2020, 147
5.1 Pensamentos laranjas, 147
5.2 A importância do diálogo e do estabelecimento do Consecitrus em uma agenda estratégica para o setor, 149
5.3 Fatos, impactos e atos na cadeia do suco de laranja, 152

6 O sarcófago da laranja, 159
6.1 O suco de laranja atinge um novo patamar de preços, 159
6.2 Seis passos para melhorar a citricultura brasileira já em 2011, 160
6.3 Formar estoques pode ser boa estratégia para a laranja, 161
6.4 E a cadeia da laranja já nos trouxe mais de R$ 110 bilhões, 162
6.5 Conquistar mercados é desafio para os produtores de suco, 163
6.6 O mundo dos gigantes na laranja, 164
6.7 A citricultura e o resgate da autoestima, 165
6.8 Desafios de coordenação na citricultura brasileira, 166
6.9 Estratégias para o sistema agroindustrial da laranja, 168
6.10 A laranja concentrada, 170
6.11 O doce suco e a laranja azeda, 172
6.12 A economia citrícola e os novos acordos comerciais, 174

7 Uma visão do agro brasileiro e sua agenda para 2020, 177
7.1 Exportações do agro a caminho dos US$ 100 bilhões, 177
7.2 O engenheiro agrônomo e o agricultor, 178
7.3 Viagem pelas terras do agro brasileiro, 179
7.4 A agricultura brasileira precisa aproveitar o mercado asiático, 180
7.5 Aumento de custos põe em xeque a agricultura brasileira, 181
7.6 A agricultura de alto desempenho exige fazer mais com menos, 182
7.7 O mundo demanda terras brasileiras para produção renovável, 183
7.8 O Brasil como solução à crise alimentar, 184
7.9 Agronegócio precisa mostrar à sociedade o seu valor, 185
7.10 Exportações do agronegócio brasileiro podem alcançar US$ 200 bi em 2020, 186
7.11 Valorizar o agro é o melhor investimento do novo governo, 188
7.12 Em se plantando, nem tudo dá..., 189
7.13 Em ano ruim, agronegócio pode salvar contas externas do país, 190
7.14 Brasil é o ator principal no cenário mundial da produção de alimentos, 191
7.15 A década do agronegócio, 192
7.16 Fornecedor mundial de alimentos, 194

Mensagem final, 197
A Markestrat, 201
Autores, 207
Tabelas auxiliares, 211
Glossário, 213
Lista de importantes web sites de referência de informações, 215
Referências bibliográficas, 217

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!